top of page

10 STARTUPS QUE COMBATEM O DESPERDÍCIO DE ALIMENTOS NO BRASIL

Atualizado: 26 de out. de 2022

Com o propósito de erradicar, reduzir e combater o desperdício, essas 10 stratups foram criadas através de novos modelos de consumo, que passam pela sustentabilidade da cadeia e otimizam o consumo de alimentos que seriam descartados.


Através do modelo de negócio marketplace, um modelo de negócio que cresceu muito no Brasil nos últimos anos, a B4Waste nasceu para conectar empresas e pessoas através da oferta de produtos próximos do vencimento por preços reduzidos contribuindo para a diminuição do desperdício. A startup sempre reforça seu objetivo de converter desperdício de alimentos em oportunidades, beneficiando os envolvidos na cadeia e gerando valor. Tudo isso através do app B4WASTE.



Daniele Leite CEO e Founder Comida Invisível
Daniele Leite CEO e Founder Comida Invisível

Fundada pela advogada, Daniele Leite, uma grande ativista na Gastronomia Social, a startup Comida Invisível é certificada pela FAO/ONU com o selo Save Food. Através de um app exclusivo se tornaram um hub de soluções especialistas em políticas públicas e redução do desperdício a partir do alimento.

Eles oferecem uma plataforma completa, com métricas e indicadores para que as empresas possam melhor gerir suas perdas e desperdícios e dar o destino correto aos alimentos que perderam o valor comercial.


Equipe da Connecting Food (com Alcione à frente, no chão).
Equipe da Connecting Food (com Alcione à frente, no chão).

Liderada pela Nelcione Pereira, uma CEO que além de ativista da Gastronomia Social e a inovação, a Connecting Food é uma foodtech de impacto social que faz uma gestão inteligente da doação de alimentos excedentes. Ou seja, eles utilizam da tecnologia para conectar alimentos que não tem mais valor comercial e que ainda podem ser consumidos a uma rede de organizações sociais que podem redistribuí-los para quem precisa. .


Eles são uma startup especialista em reduzir o desperdício de alimentos através de dados e conexões. Assim, são capazes de gerar indicadores sociais e ambientais para agregar na mitigação de riscos e no impacto social e ambiental do setor privado, além de viabilizar o consumo de produtos que acabariam sendo descartados e não consumidos. Sendo um grande elo na ODS 2 que tem foco no combate a fome, além de ser uma grande parceira na Restin para a destinação de produtos para doação. Uma startup que merece todos os aplausos!



CO-Founder Roberto Matsuda e equipe Fruta Imperfeita.

Roberto Matsuda e Nathalia Inada, fundadores da Fruta Imperfeita, criaram a startup visando conscientizar os consumidores quanto ao não desperdício, através da venda de frutas fora do padrão e descartadas pelo mercado através de serviço por assinatura. Segundo eles, a startup surgiu para mostrar para o consumidor final que esses produtos estão em boa condição para consumo. "Queremos dar voz aos produtores e conscientizar as pessoas.”


A Fruta Imperfeita se conecta com pessoas cansadas dos atuais padrões de beleza, comportamento, consumo e estilo, onde a imagem da perfeição é colocada em um pedestal, que se traduz por status, sucesso e prestígio. Uma startup que acredita na quebra de padrões e novas oportunidades com o principal o objetivo de combater o desperdício e ajudar na conscientização das pessoas ao nosso redor. Uma das pioneiras nesta causa e que já impactou muita gente e empresas na luta contra o desperdício.


Murilo Ambrogi, Lucas Infante e Fernando dos Reis Founders Food To Save
Murilo Ambrogi, Lucas Infante e Fernando dos Reis Founders Food To Save

Para evitar o desperdício de alimentos, o estabelecimento parceiro da plataforma seleciona os itens excedentes para montagem da Sacola Surpresa, e disponibiliza para resgate na plataforma, com até 70% de desconto. Existem 3 tipos de sacolas (Doce, Salgada ou Mista) e os preços são variados de acordo com o produto. Seguindo a mesma proposta da Too Good To Go, satrtup dinamarquesa que trouxe o conceito da venda de produtos excedentes do restaurantes e hoje está presente em diversos países, inclusive EUA.


A startup de combate ao desperdício já evitou o descarte de mais de 150 toneladas desde o início das suas operações, há um ano (2021), captou R$ 1,3 milhão via a plataforma de crowdfunding CapTable. Em menos de 24 horas, 211 investidores se interessaram pela proposta de negócio B2B2C e impacto social da startup. Se tornando um grande sucesso na luta contra o desperdício de alimentos nos restaurantes e que cresce a cada dia.


CO-Founders: Eduardo Petrelli (ex-James Delivery), Saulo Marti (ex-Olist), Paulo Monçores (ex-VTex) e Walter Rodrigues (ex-Rappi).
Eduardo Petrelli, Saulo Marti, Paulo Monçores e Walter Rodrigues CO-Founders Mercado Diferente.

O Mercado Diferente é uma foodtech com a missão de proporcionar uma alimentação mais saudável a todos. Através do resgate de alimentos orgânicos “fora do padrão” que seriam dispensados entre a colheita e a venda, o mercado vende cestas de frutas, legumes e verduras orgânicas em preços até 40% mais baratas, no formato de assinatura e com entrega gratuita. Disponível em São Paulo, as cestas são disponibilizadas em 3 tamanhos (individual, casal e família) e podem ser contratadas em assinaturas semanais, quinzenais ou mensais. A startup foi fundado por Eduardo Petrelli, ex Diretor Executivo do James Delivery, adquiro em 2018 pelo GPA (Grupo Pão de Açúcar).

Salvador Iglésias CEO da SaveAdd
Os irmãos Luciano Almeida CEO e CO-Founder Restin e Franciele Barbosa CFO e CO-Founder Restin.

A Restin é uma ESG Foodtech, que conecta a indústria de alimentos, que tem produtos próximo da validade, com o Food Service (restaurantes comerciais, buffet, lanchonetes, cozinhas industriais e gastrobar).


Assim, as cozinhas profissionais conseguem utilizá-los como matéria-prima em sua produção. Dessa forma, todos que estão envolvidos economizam, aumentam sua lucratividade de uma forma inteligente e sustentável. A ideia surgiu a partir do conhecimento em Food Service do Nutricionista, CEO e Co-Founder da Restin - Luciano Almeida, que atuou durante anos em restaurantes industriais e sentiu a necessidade de entregar produtos de ótima qualidade, num preço mais acessível e que poderia consumir de forma mais otimizada os produtos próximo da validade.


Além disso, um cliente da Restin se certifica como um restaurante CONTRA O DESPERDÍCIO e passa a fazer parte desse movimento ESG. Nosso principal propósito está em combater o desperdício de alimentos de acordo com a ODS 12 e 13 da ONU e apoiar as ações contra a fome através da ODS 2.



Salvador Iglésias CEO da SaveAdd
Salvador Iglésias CEO e Founder SaveAdd.

Focado em converter improdutivos em lucro, Salvador Iglesias fundou a SaveAdd. Uma startup de soluções tecnológicas que atua através de um sistema de inteligência artificial para identificar, diagnosticar e gerir demandas excedentes de forma SEGURA, CONFIÁVEL, PRÁTICA E RENTÁVEL, para prevenir e remediar suas vendas, focando na governança dessas ações.


Toda a revisão da estratégia dos 4Ps feita na SaveAdd tem relação com estoques que estão com dificuldade de circulação e por isso acabam estabelecendo regras de negócios, visando dar vazão de maneira lucrativa, simples e eficiente. Através do app da SAVEADD são gerados relatórios para prevenir que essas perdas não ocorram no futuro, além de garantirem uma melhora do CMV da empresa, eles garantem impacto ESG.


Luis Borba, CO-Founder e CEO SuperOpa
Luis Borba, CO-Founder e CEO SuperOpa.

Fundado por Luis Borba, CEO da SuperOpa, a startup permite a compra de diversos produtos diretamente da distribuidora e também produtos próximos ao vencimento por meio do seu app. Com o sonho de combater o desperdício de alimentos no Brasil e trazer acessibilidade para as pessoas economizarem cada vez mais a empresa trabalha com a venda de produtos FIFO que podem chegar a descontos de até 70%.


Além de ajudar a trazer mais acesso as pessoas através da compra desses produtos a empresa impacta positivamente o meio ambiente devido à redução do desperdício. A plataforma já conquistou milhares de usuários, além de diariamente mudar o cenário do desperdício e ser uma das maiores empresas desde segmento, está ao lado de grandes fundos de investimento como a Bossanova.


WHY WASTE
WHY WASTE

A Whywaste é uma empresa tecnológica que através da criação de ferramentas de controle de validade e do controle de vencimento de produtos que ajudam as empresas de alimentos a reduzirem as suas perdas. O foco da empresa está em resolver as perdas dos supermercados, onde produtos perdidos são aqueles vencem na prateleira. Aqui no Brasil, a estimativa de perda é de aproximadamente R$ 8 bilhões por ano com esse tipo de problema, que em muitas redes, ainda são gerenciados manualmente.

A maior operação da WhyWaste acontece na Europa e aqui no Brasil a empresa tem parceria com grandes redes de supermercados como a Oxxo e o Makro.



E ai já conhecia todas essas empresas?


Somos todas o início de uma revolução sustentável para um mundo melhor, para que o consumo seja mais consciente e com a redução efetiva. Não somos concorrentes, somos aliadas nesta grande causa. Os números de desperdício são alarmantes e precisam mudar, faça parte dessa diferença. Vem para Restin.





Comments


bottom of page